Ladrão arrependido devolve pertences e deixa carta pedindo perdão

Arrependimento parece ser uma questão que tem tomado criminosos no Paraná. Depois que um preso fugiu da cadeia e ligou para polícia pedindo que o buscasse de volta, outro caso chamou a atenção do estado. Um homem que furtou um carro e eletrônicos que estavam no veículo em Guarapuava, acabou se arrependendo do crime e resolveu tentar consertar a história.

O veículo foi roubado no sábado (7) por volta das 20h30. Imediatamente, o técnico em informática Thiago Sene fez campanha nas redes sociais e registrou queixa do furto. Cerca de três horas depois, o veículo foi encontrado em um estacionamento de uma loja, a aproximadamente de dois quilômetros do local do furto. No entanto, os pertences que estavam dentro do veículo – um tablet, um aparelho de dvd e uma bateria de celular – não foram achados.

O mais surpreendente da história veio dois dias depois. Na madrugada de segunda-feira, por volta de 1h30, o dono do veículo recebeu uma ligação a cobrar e retornou. “Ficou uns 30 segundos sem falar nada, aí começou: ‘quero pedir desculpa pelo que fiz’. Não acreditei muito no começo, daí perguntei da chave”, contou Sene ao G1.

Segundo ele, o homem disse que a chave estava no quebra-sol. “Aí eu acreditei e ele começou a contar a história triste dele e a chorar”.  Disposto a consertar o erro, o homem falou ao telefone que iria devolver os pertences do técnico em informática.  Ele deixou os pertences atrás de uma árvore perto de onde o carro tinha sido levado. E não é que o ladrão cumpriu a promessa? O técnico em informática saiu de casa em plena madrugada e encontrou os pertences e o bilhete abaixo. “Vou começar pedindo que vocês possam me perdoar. VI que vocês são evangélicos na Metodista, eu também era… Mas me separei de Deus”, escreveu ele.

*Correio