Fachin diz que ‘anseio’ de delatores de ‘desfrutar’ carnaval não justifica adiar depoimentos

Foto: REUTERS/Adriano Machado

O ministro Luiz Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), rejeitou adiar os depoimentos de Ricardo Pessoa e Walmir Pinheiro, delatores da Lava Jato. Fachin entendeu que o “anseio” deles para “desfrutar” do carnaval não justifica o adiamento.

Os depoimentos deles, na ação relacionada ao deputado Eduardo da Fonte (PP-PE), está marcado para o próximo dia 8 de março, e a defesa argumentou que eles estarão em Salvador (BA).

“O anseio para desfrutar todo o período de festividades que se avizinham deve ceder ante a obrigação legal de adotar postura cooperativa, até porque nada impede aos peticionários que antecipem o retorno à capital paulistana em alguns dias”, escreveu o ministro na decisão, tomada nesta quarta (27).

Ricardo Pessoa e Walmir Pinheiro foram notificados a prestar depoimento na 6ª Vara da Justiça Federal em São Paulo.

*G1 – Editado por Blog do Valente