Isidório discorda da liberação de armas: “Só não votei no Bolsonaro por isso”

Deputado federal eleito com recorde de votos, Sargento Isidório (Avante) não descarta compor a base do presidente Jair Bolsonaro (PSL) na Câmara Federal a partir de fevereiro.

Para a coluna Satélite, do jornal Correio, ele disse que apoia “80% das ideias e pautas do presidente”, mas destacou que em relação à posse de armas há discordância. “Só não votei em Bolsonaro pela questão da pistola”, falou.

Vale lembrar que apesar da simpatia às pautas de Bolsonaro, na Bahia Isidório é um dos aliados de Rui Costa mais eufóricos.

*VN




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *