Maia diz que população tem que abraçar reforma da Previdência como um todo

Foto: Cleia Viana/ Câmara dos Deputados

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), apontou como o próximo desafio para a aprovação da reforma da Previdência a tarefa de angariar apoio popular.

“Ser a favor da reforma da Previdência e não ser a favor da idade mínima é não ser a favor da reforma da Previdência”, argumentou Maia nesta sexta-feira (5), durante o 18º Fórum do Lide, em Campos do Jordão (SP).

A base para a fala do deputado federal foi uma pesquisa da XP que apontou que a maioria da população brasileira se diz favorável a reforma, mas é contra a mudança na idade mínima para aposentadoria.

“Não adianta a população ter um sentimento de que é importante votar a reforma da Previdência. A população tem que entender que os itens que estão dentro da reforma precisam ser aprovados”, disse Maia.

O presidente da Câmara atribuiu ao governo Bolsonaro a responsabilidade de fazer o convencimento da população. “O grande desafio do governo, porque ele tem essa capacidade, o Congresso não tem agência de publicidade, é o governo comunicar com a sociedade para que compreenda o que significa idade mínima, alíquota progressiva, aposentadoria especial”, explicou o presidente da Câmara.

Bahia Noticias