Geddel assume candidatura e esquenta sucessão ao Governo do Estado

Após o ministro da integração nacional, Geddel Vieira Lima, assumir à reportagem da revista Veja que deseja se candidatar ao Governo do Estado no ano que vem ( pondo fim à inocente especulação de que ele deveria tentar uma vaga no senado ) a temperatura politica da  pré -campanha aumentou em muitos graus. A coisa tende a ficar ainda mais quente quando sair a definição quanto à candidatura do ex-governador Paulo Souto, desta vez pelo PSDB, partido que conta com menos rejeição do eleitorado atualmente do que o fragilizado DEM. Pelo visto, o prejuízo que o PT baiano está sofrendo na perda de antigos aliados está sendo cada ficando cada vez pior. Com certeza quem teve a idéia de lançar Walter Pinheiro para a prefeitura de Salvador no ano passado deve estar pensando se não teria sido melhor apoiar o candidato de João Henrique e manter a base forte para 2010.  Agora Wagner vai ter de mostrar serviço, renovar o carisma e botar o pé na estrada para buscar a reeleição – afinal dois candidatos de peso serão seus concorrentes.