Pedestres impacientes em Santo Antônio aumentam risco de acidentes

Impaciência do pedestre somado à falta de atenção de quem está no volante são os ingredientes explosivos para a ocorrência de tragédias. Não quero com isso dizer que foi o caso do que aconteceu com Viviane mas posso falar com base no que presencio diáriamente no trânsito de Santo Antônio de Jesus.  De um lado motoristas que dirigem sem se dar conta de que estão num dos trânsitos mais movimentados do interior da Bahia e do outro pedestres que não sabem esperar o momento mais seguro de atravessar uma avenida, alguns até preferindo andar pelo meio da rua disputando lugar com os carros ao invés de caminharem nas calçadas, como seria o correto.  A prefeitura tem que fazer a sua parte, mas se motoristas e pedestres não entrarem nesse esforço vai adiantar muito pouco.