Mãe confessa que jogou filho na fossa porque não gostava dele

 Uma história de crime chocante aconteceu no interior do estado, na cidade Governador Mangabeira, a 136 quilômetros de Salvador. Uma dona de casa jogou o filho recém-nascido em uma fossa. O bebê ficou no buraco por cinco dias e foi encontrado quarta-feira (17) com vida. O recém-nascido foi encontrado na fossa que tem cerca de três metros de profundidade. O coveiro Naelson Carvalho se emociona quando lembra que ajudou a salvar uma vida. Foi ele quem resgatou o bebê. ‘Foi Deus que tocou em nosso coração. Foi um prazer salvar uma vida’, conta. A polícia descobriu que a criança foi jogada na fossa pela própria mãe, Joanice Ramos de Morais, 41 anos. Joanice estava sozinha em casa quando teve o menino. Logo após o parto, jogou o bebê na fossa ainda com o cordão umbilical e placenta. O mais surpreendente é que cinco dias depois, a criança foi encontrada com vida. ‘Eu tenho um filho com um ano e três meses, mas eu não queria ter outro filho aí eu fiquei chateada e joguei ele’, confessa a mãe. Joanice Ramos de Morais está presa na delegacia de Governador Mangabeira. O bebê resgatado foi levado para um hospital em Cruz das Almas. Segundo o Conselho Tutelar, os primeiros exames indicam que a criança está bem, mas vai ficar em observação por mais cinco dias.  

Fonte: Ibahia