Casa Grande Sem Senzala

A minha casa era grande, não tinha senzala!… Me lembro ainda daquela sala, onde a gente brincava!… A minha casa era grande, não tinha senzala!… Lá em minha não existia a escravidão, nem preconceito de cor, porque em nosso coração, só existia muito amor! Sim, muito amor… Sinhô João Sinhô José Sinhá Maria Sinhá Raque! A minha casa era grande, não tinha senzala! Hoje, depois de tantos anos me vem essas doces recordações; recordações daqueles velhos amigos que já se foram e tenho certeza que foram felizes, porque a minha casa era grande, lá cabia todo mundo! A minha casa era grande, não tinha senzala!

Joscar.