Comandante da PM diz que efetivo não evita assaltos como o de Amargosa

Em entrevista ? R?dio Andai? FM, o Comandante da Pol?cia Militar, Nilton R?gis Mascarenhas, falou sobre o assalto ocorrido em Amargosa recentemente e a quest?o do aumento de efetivo. Segundo ele, o efetivo talvez naquele momento da a??o dos bandidos, ele fizesse a diferen?a, mas que as pessoas t?m que entender que vivemos em um pa?s de paz e n?o de guerra. E se esta guerra estiver acontecendo, ter? que ter um novo estudo, uma nova mobiliza??o.

?N?s trabalhamos em situa??o de paz. Quando voc? coloca unidades basicamente armadas para conviver com a comunidade, isso ? uma situa??o de ditadura. Ao contr?rio, n?s queremos uma conviv?ncia pac?fica. Agora, temos que combater o crime organizado na sua origem, para evitar que bandos armados invadam cidades que n?o tenham potencial de for?a como as grandes cidades?, disse.

O Comandante diz que ? isso que o Comando Geral vai procurar e para isso que existe a intelig?ncia, para evitar essas a??es dos bandidos. Para ele, a a??o pac?fica entre a pol?cia e a comunidade deve acontecer, pois n?o se pode colocar muitos homens armados no dia-a-dia, porque a pr?pria popula??o vai condenar essa a??o. ?Claro que voc? identificando essas a??es e tirando de circula??o esses bandidos, voc? vai realmente diminuir. Mas, a inten??o do pr?prio Governo do Estado ? aumentar esse efetivo. Estamos formando 3.200 e aos poucos n?s vamos completando. N?o vamos completar da noite para o dia, porque isso ? um processo. O Governador est? fazendo com que isso aconte?a, mas ele n?o tem s? a quest?o da Seguran?a P?blica. N?s reivindicamos isso a ele e com certeza vamos trabalhar?, afirmou.