Conversa com governador

Esta semana, o programa de r?dio Conversa com o Governador, produzido pela Assessoria Geral de Comunica??o do Governo do Estado (Agecom), traz o pol?mico tema de distribui??o das riquezas do pr?-sal.
Sobre os royalties do pr?-sal, o governador defende a tese de que devem ser distribu?dos de acordo com a popula??o e a riqueza ou a pobreza de cada estado, medidas pelo ?ndice de Desenvolvimento Humano (IDH). Wagner acredita que S?o Paulo, Rio de Janeiro e Esp?rito Santo est?o errados porque querem ficar com a maior parte dessa riqueza. ?Eu n?o vejo porque, j? que o petr?leo foi descoberto por uma empresa que pertence a todos os brasileiros?, argumenta.
Segundo ele, o petr?leo est? afastado da costa e, portanto, n?o implica em nenhum preju?zo ambiental. ?Minha posi??o ? essa desde o come?o: uma distribui??o que seja justa para todo o povo brasileiro e n?o apenas para tr?s estados. Agora tem essa discuss?o sendo feita no Senado e eu espero que o bom senso prevale?a de tal forma que a gente possa ter essa riqueza fazendo bem para todos os brasileiros?.
O governador tamb?m analisa o recorde de gera??o de emprego em janeiro e fevereiro – com 20,4 mil novos postos de trabalho nestes dois meses. Durante o programa, o governador Jaques Wagner comenta ainda a miss?o no Oriente M?dio e a nova visita do presidente Lula para inaugurar o Gasene e assinar a abertura da licita??o que d? in?cio ao processo das obras da ferrovia Oeste-Leste.?
Para Wagner, ? uma alegria ver que a miss?o de gerar mais emprego, trabalho e renda para dar dignidade e cidadania ao povo baiano, est? acontecendo em um ritmo acelerado. ?Esse ano promete. Eu espero que os pr?ximos meses possamos ter resultados positivos. E ? claro que isso ? conseq??ncia: primeiro, do momento bom que est? a economia brasileira como um todo; segundo, do trabalho que a gente vem fazendo aqui no nosso governo?, relacionou.

CONVcomGOV

Fonte:Agecom