Tragédia de Brumadinho Encontrado corpo de 252ª vítima da tragédia de Brumadinho: ‘Ele estava com medo’, lembra mãe

“Eu tenho certeza de que ele estava com medo. Não teve nem o prazer de engolir a comida. Estava almoçando. A Vale acabou com todo mundo”, disse a mãe de Robert Ruan Oliveira Teodoro, de 19 anos, trabalhador terceirizado da Vale, cujo corpo foi encontrado neste sábado (19), em Brumadinho. Ele estava usando o crachá da empresa.

O Corpo de Bombeiros confirmou que o jovem é a 252ª vítima do desastre ocorrido no dia 25 de janeiro a ser identificada. Agora, as buscas seguem por 18 pessoas desaparecidas. A Polícia Civil informou que a identificação foi feita por meio de exames de impressões digitais.

Robert Ruan era gêmeo. Mas, três meses antes da tragédia, o irmão, Richard Rean Oliveira Teodoro, foi brutalmente assassinado em um triplo homicídio. Além do jovem, morreram a namorada dele, que tinha 13 anos, e a mãe da garota, que tinha 35.

Os gêmeos fariam 20 anos no dia em que a tragédia completou quatro meses. Segundo a mãe deles, Robert havia dito que estaria minando água da barragem, mas ela conta que, naquele momento, achou que isso seria normal.

“Completou 20 anos debaixo da lama, tadinho. Onde eu vou, eu lembro dos meus filhos. Eles estão em todo canto, na quadra, eles ficavam sentadinhos na rodoviária… Em tudo eles vão estar. Não pretendo ficar aqui. Eu não consigo passar pela Alberto Flores“, relatou Iolanda.

Fonte: G1