Audiência discute qualidade da água da Fonte da Bica em Itaparica

Foto: Reprodução / Visão Cidade

 

Audiência pública na Câmara de Vereadores de Itaparica, na Região Metropolitana de Salvador, vai discutir a qualidade da água e a conservação da nascente que abastece a Fonte da Bica, famosa por jorrar constante água mineral, na manhã do próximo dia 11 de novembro. O evento é aberto à comunidade.

A audiência foi proposta pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA), por meio dos promotores de Justiça, Ubirajara Oliveira Fadigas e Eduvirges Ribeiro Tavares. No edital de convocação, os representantes do órgão estadual consideraram discutir os pareceres técnicos do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Estado da Bahia (Inema) e Central de Apoio Técnico (CEAT) do MPBA.

Também serão discutidos o possível cercamento da Área de Preservação Permanente (APP) no entorno da nascente da Fonte da Bica e as consequências da pavimentação do solo nas cercanias da Praça Fonte da Bica, o que poderá causar impermeabilização do solo e consequente deficit na recarga do manancial.

A Fonte da Bica foi construída em 1842 e oficializada como Estância Hidromineral em 1937, única do país à beira-mar. A nascente está localizada no sopé do morro do Santo Antônio e é circundado por um pequeno parque de resquícios de mata Atlântica. A possível contaminação do manancial chegou a ser levantada em 2013, mas a gestão municipal da época negou a possibilidade.

 

Bocão News