Com leucemia e sem parentes compatíveis, menino de 3 anos busca doador de medula óssea

Na luta contra a leucemia e sem parentes compatíveis, um menino de apenas três anos busca um doador de medula óssea. Artur Levi Santiago é de Juazeiro, no norte da Bahia, mas está internado no Hospital Aristides Maltez, em Salvador.

Ele precisa do transplante para dar continuidade ao tratamento contra a leucemia, diagnosticada há 5 meses. Nesta semana, saiu o resultado dos exames que apontaram que nenhum membro da família dele é compatível.

Arlindinalva Francisco da Silva, avó do garotinho, avó de Arthur, diz todos estão preocupados, e pede que as pessoas façam a doação.

“É difícil, é uma dor imensa. Só quem passa é quem sabe”, ressalta Arlindinalva.

A coleta de teste de compatibilidade pode ser feito no Hemoba de Juazeiro e de Salvador.

Artur está fazendo quimioterapia, mas sem resultado, e os médicos ressaltam a necessidade do transplante com urgência. A família pede que as pessoas façam a doação para que o menino encontre uma medula, passe pelo transplante e volte a ser saudável.

“A gente tenta ser forte, mas a gente sofre junto. Se puder nos ajudar, ajude, para que ele possa fazer o transplante”, falou Maria Ednalva Brais da Silva, tia de Artur.

Menino de 3 anos internado com leucemia precisa de transplante de medula óssea e família não é compatível — Foto: Reprodução/TV Bahia

Hemoba

O diretor do Hemoba, Fernando Araújo revela que este ano houve queda de 70% das pessoas cadastradas para doação de medula óssea, mas destaca que o procedimento é simples e que as pessoas podem ir da fundação para doação.

“Você não vai fazer nada mais que um cadastro e ter uma coleta mínima para fazer o exame de compatibilidade. São 5 ml [de sangue] em tubo que você consegue fazer o cadastro”, explica.

Para doar a medula, Fernando conta que os critérios são semelhantes à doação de sangue. O voluntário deve estar em boas condições de saúde, sem sintomas virais, pesar mais de 50 kg, estar bem alimentado e ter entre 16 e 69 anos incompletos.

As pessoas menores de 18 anos precisam estar acompanhadas de um responsável legal, e apresentar documento oficial com foto, válido em todo o território nacional.

Os candidatos à doação podem agendar o atendimento através dos números (71) 3117-7788 e 3116 5642. Clique Aqui e consulte os telefones e horários de funcionamento das unidades da região metropolitana e interior do estado.

A retirada da medula, um tecido gelatinoso que fica no interior dos ossos e é responsável por fabricar células sanguíneas, é feita em cerca de 90 minutos, durante um procedimento em centro cirúrgico, sob anestesia peridural ou geral. A medula óssea do doador se recompõe completamente em apenas 15 dias.

*G1