Câmara segue TCM-BA e rejeita contas de ex-prefeito de Castro Alves, Cloves Rocha

O ex-prefeito de Castro Alves, no Recôncavo, Cloves Rocha, teve as contas de 2011 rejeitadas. A decisão foi tomada nesta sexta-feira (3) pela Câmara de Vereadores da cidade. Segundo o site Bahia 10, a votação ocorreu em sessão especial para apreciação do parecer do tribunal de contas da Bahia (TCM-BA). Dez legisladores votaram a favor da rejeição. Apenas um vereador se ausentou da sessão.

Com a desaprovação das contas, o ex-gestor continua inelegível por oito anos. Ainda segundo o site, Cloves Rocha teve cinco contas rejeitadas durante o mandato pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM-BA).

Contas rejeitadas em 2011

Na época, o relator do parecer, conselheiro Paolo Marconi, imputou uma multa no valor de R$ 2.500,00, pelas falhas contidas no relatório, e outra no importe de R$ 36 mil, equivalente a 30% dos subsídios anuais do gestor, pelo descumprimento do limite de gastos com pessoal. Cabe recurso da decisão.

Cloves Rocha foi condenado a ressarcir ao erário municipal o montante de R$ 16.696,57, com recursos pessoais, em razão de despesas com pagamento de juros e multas por atraso no adimplemento de obrigações junto ao INSS.