Jovem de Governador Valadares simula roubo e estupro para ganhar seguidores nas redes sociais, diz PM

Uma jovem de 21 anos foi conduzida pela Polícia Militar após simular ter sido assaltada e estuprada para ganhar seguidores. O boletim de ocorrência foi registrado em Ipatinga (MG), nessa segunda-feira (21).

De acordo com a Polícia Militar, a jovem é de Governador Valadares (MG) e disse que teria sido vítima de estupro e assalto no trajeto entre a rodoviária de Ipatinga e Governador Valadares.

A polícia foi acionada por funcionários da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e, ao chegar no local, a jovem informou que estava em uma festa realizada em um hotel da cidade e que, logo depois, foi para a rodoviária.

A jovem contou ainda que ao chegar no terminal, entrou em um “táxi clandestino” e, durante o percurso, o motorista teria a agredido, estuprado e roubado sua bolsa com todos os pertences.

Diante das informações, os militares iniciaram as buscas pela identificação do suspeito através de câmeras de circuito de segurança, contato na rodoviária e no hotel, além de conversas com motoristas de aplicativos e convidados do evento.

Segundo a polícia, durante a apuração, os militares suspeitaram de que a história poderia ser falsa devido às convergências de informações. Ao fazer novo contato com a jovem, na frente dos familiares, ela disse que havia inventado a situação para que ganhasse mais seguidores nas redes sociais.