Mulher que teve as mãos quase decepadas pelo companheiro em Aratuípe deixa o HRSAJ depois de 15 dias

A mulher que teve uma das mãos quase decepadas pelo companheiro, em uma tentativa de feminicídio, na localidade de Três Bicos, em Aratuípe saiu do Hospital Regional após 15 dias de internamento.

Segundo informações obtidas pelo repórter Antônio Carlos, da Andaiá 97.1, a vítima de prenome Nilza foi encaminhada a unidade hospitalar em estado grave. Nilza teve os dedos amputados e uma das mãos sofreu graves lacerações. Ainda em fase de recuperação, Nilza saiu do Hospital de joelhos, agradecendo pelo apoio recebido pelos profissionais de saúde que cuidaram dela em todo esse tempo.

O companheiro, de prenome Anilton, é o principal suspeito pelo crime permanece foragido.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *