Tragédia de Brumadinho completa 1 ano e 9 meses e parentes e amigos fazem homenagens às vítimas

Parentes e amigos de vítimas de rompimento de barragem se reuniram no início da tarde deste domingo (25) para homenagear as pessoas que faleceram e as 11 que ainda estão desparecidas, um ano e nove meses após a tragédia da Vale em Brumadinho.

O encontro foi no letreiro da cidade, local tradicional das homenagens. Fotos das 270 vítimas decoravam o espaço.

As homenagens foram iniciadas com parentes lamentando a tragédia. Uma adolescente retratou a saudade por meio da música e o grupo fez orações. Em seguida eles leram o nome de todas as vítimas, como forma de demonstrar que estão presentes e não serão esquecidos.

Às 12h28, horário em que ocorreu o rompimento da barragem, parentes e amigos fizeram um minuto de silêncio.Eles ainda soltaram 640 balões pretos, que representam os dias de luto e 270 balões brancos, como forma de lembrar de cada pessoa que morreu e também que está desaparecida. A tragédia de Brumadinho completa neste domingo (25) 1 ano e 9 meses. Ao todo, 270 pessoas morreram, sendo que 11 continuam desaparecidas.

O Corpo de Bombeiros continua as buscas dessas 11 vítimas. O governador Romeu Zema se encontrou nesta semana com alguns familiares das vítimas e, segundo esses familiares, garantiu que as buscas só serão encerradas quando todos as pessoas desaparecidas forem encontradas.

Nesta semana, 60 bombeiros fazem as buscas no local destruído pelos rejeitos de minério. O major Frederico Pascoal, do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, disse que cada homenagem, cada ato das famílias, dá mais ânimo aos militares. O major também afirmou que ninguém vai desistir antes de encontrar as 11 “joias” que estão desaparecidas.

Fonte: G1