Conceição do Almeida: após áudios sobre vacina Covid vazarem, prefeito emite nota de repúdio

O prefeito da cidade de Conceição do Almeida, Ito de Bega, emitiu nesta quarta-feira (20) uma nota de repúdio, após áudios vazarem em um grupo de Whatsapp em relação ao início da vacinação no município.

Em áudio, duas pessoas conversam a respeito da indicação da primeira pessoa a ser vacina e indagam sobre o motivo da escolha. Uma delas chega a dizer, de forma pejorativa, que o profissional de saúde, seria ‘cobaia’ do prefeito e que se ‘morresse’, não faria falta.

“Ele já é torto mesmo, se der errado não fará falta”, diz uma das falas fazendo alusão ao profissional, por ser deficiente físico.

Na nota, Ito de Bega externa total indignação sobre o fato e ressalta, afirmando que se fosse do grupo prioritário escolhido, teria o prazer em ser o primeiro a receber a dose da vacina Coronavac.

“Se não tomamos a primeira dose, foi em respeito ao ser humano e ao espírito de homem público que me move, não se beneficiando simplesmente porque é o gestor público”, informa nota.

O prefeito pontuou ainda que a escolha do técnico de enfermagem e socorrista, Robson Neiva, deve-se aos relevantes serviços prestados por ele no intenso combate ao COVID-19.

Confira Nota na íntegra:

 

O PREFEITO DE CONCEIÇÃO DO ALMEIDA, ADAILTON CAMPOS SOBRAL, vem a público externar NOTA DE REPÚDIO em face das DECLARAÇÕES das Sras. Sara Coni e Márcia da Fábrica, que vêm criticando o Prefeito de Conceição do Almeida ao afirmar que o mesmo é que deveria ser o primeiro a receber a vacina da COVID-19 e não colocar uma “cobaia”, fazendo, inclusive, afirmações preconceituosas e desrespeitosas em relação ao profissional da saúde agraciado com a primeira dose da vacina.

Primeiro, ressalto que, como cidadão, teria o maior prazer em receber a primeira dose da vacina, vez que esse deveria ser o desejo de todo cidadão que respeita a vida e confia na ciência.

Contudo, na condição de Prefeito Municipal, devo respeitar a igualdade de todos, sobretudo daqueles profissionais que arriscaram suas vidas para ajudar a combater essa grave doença, muitas das vezes limitando seu convívio social para proteger seus entes queridos e amigos.  A condição de prefeito não me torna diferente dos demais.

Assim, se não tomamos a primeira dose, o foi em respeito ao ser humano e ao espírito de homem público que me move, não se beneficiando simplesmente porque é o gestor público.

Por fim, esclareço que a escolha do profissional de saúde Robson Neiva, nosso querido Bob, deve-se aos relevantes serviços prestados pelo mesmo no intenso combate ao COVID-19, sendo desumano e reprovável utilizar-se de expressões mesquinhas em relação ao mesmo para atingir terceiro, mesmo que seu desafeto político.

Assim nada mais justo e de direito do que premiar referido servidor com a primeira dose da vacina em Conceição do Almeida.

 

Adailton Campos Sobral

Prefeito de Conceição do Almeida