Alan Sanches diz que apresentou Humberto a ACM Neto, viabilizou emprego e o acompanhou no TCM

Foto: Reprodução

Após o ex-prefeito de Santo Antônio de Jesus, Humberto Leite (DEM), em entrevista ao Blog do Valente no último sábado (06), tecer críticas a gestão de Genival Deolino (PSDB) (leia aqui), o deputado estadual Alan Sanches (DEM) explicou em entrevista à Rádio Andaiá, nesta terça-feira (09), como se deu a escolha de Genival para a candidatura à prefeitura, além de afirmar que Humberto teria ficado chateado com ele por não ter sido o nome escolhido para disputar as eleições.

O grupo todo me procurou em meu gabinete na Assembleia Legislativa, tinha umas oito pessoas e falaram: ”Alan a gente precisa construir um novo nome”, e eu também achava. Já tinha conversado isso com ACM Neto, só que Humberto se chateou neste momento e se afastou de mim. Genival cresceu na campanha e, eu acho que, ele começou a se sentir menor. Queria ser a estrela e não foi. Eu vi em alguns momentos da campanha o distanciamento dele. ACM Neto esteve aqui, Humberto não foi para o evento, ali no Villa Music, ele não compareceu, sendo convidado. E ai ale se afastou um pouco da campanha “, lembrou.

Além disso, o deputado lembrou que esteve com Humberto Leite diversas vezes no Tribunal de Contas dos Municípios.

“Vendo se estava tudo correndo bem,  tudo que a gente podia fazer, a gente fez no acompanhamento do TCM. Eu o apresentei a ACM Neto, na eleição que ele perdeu, trouxe ele para o Democratas, e ainda levamos o nome dele, e ele entrou lá na Ouvidoria da secretaria [em Salvador]. O que acontece que o grupo não queria mais[ Humberto candidato a prefeito], eu sou apenas uma pessoa dentro de um grupo”, pontuou.

O deputado ainda demostrou não concordar com o fato do ex-prefeito trazer mais uma vez estas questões da eleição de 2020 à tona:

“Humberto resolveu chamar novamente a atenção disso e vai dar uma entrevista, chamou todo mundo e começou a falar. Algumas pessoas que também são infelizes, a gente sabe que tem alguns políticos frustrados, infelizes, ficam colocando coisas na cabeça de Humberto. Acho que a primeira coisa que ele deveria ter feito era procurar Genival e bater um papo. Eu acho que roupa suja se lava dentro de casa, mas não, quer lavar para fora“, disse.

Ao ser questionado se ele teria indicado Humberto para algum cargo na gestão de Genival, o deputado deixou bem claro que o ex-prefeito não estava falando com ele no período eleitoral e que não houve indicação.

Durante a campanha Humberto nem falava comigo. Eu não pedi cargo para ele, nem para ninguém. Agora eu acho que teve algumas conversas e ele queria indicar alguém que não aceitaram“, esclareceu Alan.

Atualmente o ex-prefeito Humberto Leite não faz parte da gestão do prefeito Genival Deolino, embora façam parte do mesmo grupo político, o “Beija-flor”.