Estado reconhece situação de emergência em Maracás por causa de estiagem

Reprodução/Wikipédia

O Governo do Estado reconheceu situação de emergência no município de Maracás, Vale do Jiquiriçá, em virtude dos danos ocasionados pela estiagem que afeta a população e as atividades econômicas na cidade.

A homologação do decreto municipal do último dia 12 de janeiro, assinado pelo prefeito do município, foi publicada na edição deste sábado (20) do Diário Oficial.

Este decreto de homologação entra em vigor na data de sua publicação, retroagindo seus efeitos a 12 de janeiro, e tem validade de 180 dias – contados a partir da aludida data.

Os efeitos do decreto valem para áreas comprovadamente afetadas. No documento editado no início do ano, e assinado pelo prefeito Uilson Venâncio, destaca-se que os efeitos da estiagem provoca “grandes prejuízos”, principalmente para o meio rural.

O decreto municipal cita a perda de plantações, morte de animais e a falta de água para o consumo humano.

*Bnews