SAJ: Sec. de administração explica contratos com contabilidade e afirma que gestão anterior deixou dívida de mais de 2 mi

 

Foto: Blog do Valente

O secretário de administração da gestão de Genival Deolino (PSDB) em Santo Antônio de Jesus, Marcelo Barreto, em entrevista ao Programa do Valente na noite desta segunda-feira (01) fez um balanço do primeiro mês de trabalho revelando dívidas, que segundo ele, a gestão anterior teria deixado.

O secretário ainda afirmou que a gestão de Rogério Andrade (PSD) teria deixado fornecedores de remédios sem pagamento e uma dívida de cerca de 2 milhões de reais no INSS.

“Você quer ajudar a Santo Antônio de Jesus nos ajude divulgando os 2 milhões que a gestão anterior deixou de pagar de INSS. Ajude a divulgar prestadores de serviços e fornecedores que estão para receber e não recebe porque o empenho teve que ser desavisado para não ser pago. Deram baixa em vários empenhos em Dezembro para tentar fechar as contas. “O maior fornecedor de remédio de Santo Antônio de Jesus, a droga Fontes, esteve comigo hoje. A gestão anterior deve seis mil reais a mais de cinco meses”, disse.

Ele ainda afirmou que ao contrário do que algumas pessoas da oposição vem divulgando nas redes sociais, a gestão atual vem enxugando alguns gastos em contratos.

“O contrato que tinha de 25 mil reais na gestão anterior foi de 2017. Eles não falaram, não pararam para analisar que tinha outro contrato de 14 mil reais. 25 mil reais era de contabilidade, e 14 mil de planejamento, ou seja, em 2017 este contrato chegava 40 mil. Com pouquíssimos requisitos de responsabilidades. Agora em 2019 tinha um contrato de 32 mil reais da gestão anterior com mais cinco de planejamento, o que chega a quase 38 mil. O nosso está 39 mil reais com tudo incluso”, contou.