Grupo armado intercepta ambulância do Samu em Salvador e mata casal que estava no veículo

Criminosos armados interceptaram uma ambulância do Samu, na noite de segunda-feira (29), em Salvador, e mataram a tiros um homem que estava sendo levado para o hospital e a esposa dele, que o acompanhava.

O caso ocorreu em um trecho da Estrada do Derba, no bairro de Fazenda Coutos, perto do Hospital do Subúrbio.

Segundo o médico Ivan Paiva, coordenador do Samu em Salvador, o homem tinha saído da UPA de Santo Inácio e estava sendo transferido para o Hospital do Subúrbio.

“Recebemos solicitação da UPA Pirajá/Santo Inácio para remover paciente de 30 anos que tinha dado entrada por lesão por arma de fogo na região dorsal. Encaminhamos a unidade, a unidade pegou o paciente e no caminho, na Estrada do Derba, um veículo interceptou a ambulância, eles entraram e executaram o paciente e a acompanhante”, contou Paiva.

Na ambulância, também estavam o motorista e uma técnica de enfermagem, mas eles não foram baleados. Ainda de acordo com Ivan Paiva, os dois profissionais de saúde ficaram abalados, e o homem precisou de atendimento médico, pois é hipertenso e teve uma crise de pressão alta.

Ainda segundo Ivan Paiva, um caso semelhante já havia ocorrido em 2015 e que, desde então, o Samu conta com apoio da Polícia Militar quando vai atender a situações que envolvam ferimentos a tiros ou por arma branca.