Prefeito de Ito de Bêga afirma que teve contas rejeitadas por dar emprego ao povo do Almeida

As contas referentes ao exercício de 2019 da prefeitura de Conceição do Almeida foram rejeitadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), nessa quarta-feira (17). Em Conceição, as contas do prefeito Adailton Campos Sobral , conhecido Ito de Bega, foram reprovadas em virtude da contratação de 792 servidores, com os quais foram gastos recursos da ordem de R$7 milhões.

Em vídeo  divulgado nas redes sociais, o prefeito de Conceição do Almeida disse estar surpreso com a decisão do Tribunal de Contas, mas está tranquilo, pois será dado o direito de reconsideração e tem a câmara para julgar. “Fico feliz, porque minhas contas foram rejeitadas, porque estou dando emprego ao povo de Conceição do Almeida. Índice de Saúde , Fundeb e Educação, tudo 100%”, afirmou.

Segundo o prefeito, vereadores da oposição fizeram uma denúncia de que estava tendo contrato sem concurso público. ” Se eu for chamar todo mundo do cadastro reserva do concurso público, eu iria colocar 95% do pessoal de fora aqui na minha cidade.  Eu tinha de tirar as pessoas da cidade, para colocar 95% de pessoas de fora. Minha cidade é pequena, depende da prefeitura para geração de empregos. E aí eu vou deixar de empregar meu pessoal aqui para empregar o povo de fora e enterrar minha cidade de vez?”, questionou.

Do ponto de vista do prefeito Ito, as pessoas devem ser do Almeida para trabalhar na prefeitura. “Esse é meu ponto de vista e vou continuar trabalhando, defendendo essa tese, porque vivemos em uma cidade pequena e comércio pequeno”, disse.

No vídeo, o prefeito ainda deixou um recado para a oposição. “Minhas contas não foram rejeitadas por desvio de dinheiro, fraude ou corrupção, e, sim, porque ajudo o povo de Conceição do Almeida, dando emprego”, concluiu.