Quantidade de mortos se aproxima do número de nascidos em Salvador

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Em março de 2021, o número de pessoas que morreram em Salvador é muito próximo da quantidade de nascimentos. De acordo com o levantamento feito pelo jornal El País, com base em informações do Portal de Transparência de Registro Civil, a capital baiana registrou 2.466 óbitos e 2.780 nascimentos no mês passado.

Em comparação ao mesmo período do ano passado os números assustam. Em março de 2020, no início da pandemia da Covid-19, os nascimentos superaram em mais que o dobro as mortes, com 3.177 contra 1.519.

Ainda segundo a pesquisa, em 12 cidades com mais de 500 mil habitantes, morreram mais pessoas do que nasceram. Entre elas estão, Rio de Janeiro (RJ), Fortaleza (CE), Recife (PE), Porto Alegre (RS), Natal (RN).

Especialistas ouvidos pela reportagem estimam que em abril, caso o novo coronavírus continue avançando, todo o Brasil pode registrar mais mortes que nascimentos em um mês, algo inédito para o país.

De acordo com a Secretaria de Saúde da Bahia, desde o início da pandemia, Salvador contabilizou 5.260 óbitos em decorrência da doença. Na Bahia, 16.232 morreram. Nesta quinta-feira (8), o Brasil bateu mais um recorde com 4.249 mortes em um dia e já supera 345.000 vidas ceifadas pela crise sanitária.

 

M1