Suspeito de exercer a profissão de cirurgião-dentista ilegalmente é preso em Valença

profissão

A polícia prende, nesta terça-feira (14), suspeito de exercer a profissão de cirurgião-dentista ilegalmente em uma clínica em Valença.

 

De acordo com o Conselho Regional de Odontologia da Bahia (CRI-BA), a Polícia Civil prendeu o acusado após denúncias.

 

Ainda segundo o órgão, no momento da autuação, os fiscais constataram que o suspeito não tinha formação em odontologia e nem registro profissional.

 

Conforme relatos do suspeito, ele fazia apenas procedimentos de limpeza.

 

Ele deve responder pelo exercício ilegal da profissão de odontologia e se condenado, pode pegar de seis a dois anos de prisão, segundo informações do coordenador de fiscalização do CRO-BA, Érico Brito.