Prefeitura de Porto Seguro suspende a obrigatoriedade do uso de máscaras

Prefeitura de Porto Seguro suspende a obrigatoriedade do uso de máscaras
(Foto: Setur/Divulgação)

A prefeitura de Porto Seguro também decidiu liberar a obrigatoriedade do uso de máscaras nos ambientes abertos, ruas e logradouros públicos em todo território do município. A medida está prevista em um decreto publicado na última segunda-feira (1), pelo prefeito Jânio Natal. Ainda de acordo com o decreto, permanece a obrigatoriedade do uso da máscara apenas em ambientes fechados, comércio em geral, locais de trabalho, casa de shows, eventos e festas.

O documento informa ainda que as medidas previstas no decreto poderão ser revistas a qualquer tempo, mesmo antes dos prazos aqui estipulados, podendo ainda ser renovadas ou ampliadas a critério da gestão municipal. Porto Seguro é o segundo município baiano a tornar público a decisão de suspender a obrigatoriedade do uso de máscaras. O primeiro a adotar a medida foi Brumado, no sudoeste baiano, que publicou decreto oficializando a decisão no dia 19 de outubro.

Além disso, para fundamentar a decisão, o decreto do prefeito afirma que “a cidade de Brumado tem 58.777 pessoas elegíveis para a vacina contra a covid-19 (a partir de 12 anos de idade), sendo que desse total, 88,61% já recebeu a primeira dose e 58,79% a segunda dose.”

Na ocasião, o governador interino da Bahia e presidente da Assembleia Legislativa, Adolfo Menezes (PSD), disse que a decisão da Prefeitura de Brumado, no Sudoeste do estado, de abandonar a obrigatoriedade do uso de máscaras foi precipitada e afirmou que não concorda com a medida, mas que vai respeitar.

*Correio24h