Prefeito de Feira de Santana anuncia fim da obrigatoriedade do uso de máscara em locais abertos

Prefeito de Feira de Santana anuncia fim da obrigatoriedade do uso de máscara em locais abertos
Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

Na manhã desta segunda-feira (28), o prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins Filho, anunciou o fim da obrigatoriedade do uso das máscaras em locais abertos. A medida é válida a partir desta terça-feira (29)

O município segue decisões já tomadas em outras cidades e considera o número controlado de casos de covid-19 e a falta de pacientes internados com a doença. Na coletiva, o prefeito e o secretário municipal da Saúde, Marcelo Brito, destacaram a importância da vacinação especialmente a da terceira dose para que os casos continuem diminuindo.

Um decreto oficializando  a desobrigação do uso da máscara deverá ser publicado no Diário Oficial do Município.

De acordo com o secretário de saúde, Marcelo Brito, há razões sanitárias para essa decisão, tendo em vista que o município não tem registrado quase nenhum caso de óbito e nos últimos dias zerou também os números de internamentos, tanto em leitos clínicos quanto de UTI.

“Se você for uma pessoa conservadora, vai esperar que esse vírus vá a zero para tirar a máscara, e possivelmente não tire nunca. Eu defendo o ponto de vista de que no momento em que se tem a vacinação avançada e que ultrapassou as metas, que em Feira era de 80% e já passamos de 92%, e já ultrapassamos os 80% da segunda dose, e temos a situação ainda da terceira dose, que precisa de um incentivo maior por parte da própria população e nossa, mas ele não é impeditivo. Além do mais, essas decisões sanitárias são o que chamamos de uma gangorra. Você vai adotando as posições e vai acompanhando. Já tivemos três ondas e tem até uma ameaça de uma suposta quarta onda, que eu acredito que não se estabeleça, em razão da vacinação que já foi feita. Se fizermos uma análise técnica, nos Estados Unidos, por exemplo, para se fazer uma viagem para lá, eles só exigem duas vacinas. Nós aqui usamos a terceira e em casos específicos a quarta. Ou seja, já há razões sanitárias, com quase nenhum caso de óbito, nem pessoal internado. Poderíamos até partir direto e retirar a máscara em qualquer ambiente. Todas as condições para isso. E nada impede de uma condição com uma cepa diferente termos que voltar atrás”, afirmou Marcelo Brito.

Apesar da liberação do uso de máscaras em locais abertos da cidade, o prefeito Colbert Martins reforçou a importância das pessoas completarem o esquema vacinal com a terceira dose da vacina.

“Apenas 32% da população feirense tomou a terceira dose, então a recomendação para aqueles que ainda não foram vacinados com a dose de reforço é procurar uma unidade de saúde para estar completamente imunizado”, afirmou o prefeito.

Já a infectologista Melissa Falcão destacou ainda que pessoas que apresentem sintomas respiratórios devem continuar utilizando o equipamento de proteção em ambientes fechados, assim como em casa e no local de trabalho.

Fonte: Acorda Cidade