São Miguel das Matas: sem reajuste no piso salarial, profissionais da educação decidem não participar de jornada pedagogica

Professores alegam que prefeitura não cumpriu acordo de reajuste do piso salarial previsto na lei

São Miguel das Matas: sem reajuste no piso salarial, profissionais da educação decidem não participar de jornada pedagogica

Profissionais da rede municipal de ensino da cidade de São Miguel das Matas anunciaram que irão realizar, nesta segunda-feira (07) uma manifestação por conta do não cumprimento do piso nacional do magistério pela gestão municipal.

Segundo informações de professores ao Blog do Valente, além da manifestação em frente a prefeitura, os servidores decidiram boicotar a Jornada Pedagógica.

Ainda conforme informações, a prefeitura, juntamente com a secretaria de educação decidiram, de forma unilateral , um repasse de apenas 13% dos 33% previstos pela lei.

“Iremos fazer esse movimento na segunda-feira, os profissionais de educação não participarão da Jornada Pedagógica porque estarão nas ruas. Iremos fazer um movimento grande em frente a prefeitura e na secretaria de educação. O prefeito precisa respeitar a categoria e nos dar satisfação”, informa.

Em nota a APLB Sindicato informou que caso não seja cumprida, outras mobilizações estarão sendo realizadas pela categoria.

Confira nota: 

A APLB Sindicato, informa a comunidade miguelense que em decorrência do não cumprimento do piso nacional do magistério pela gestão municipal, os profissionais concursados não irão participar da jornada pedagógica.
A APLB informa ainda que toda categoria está ansiosa pelo retorno das atividades presenciais, porém os direitos não estão sendo garantidos pela gestão municipal.
Caso a Lei 11.738 de 2008, que institui o piso nacional do magistério, não seja cumprida, outras mobilizações estarão sendo realizadas pela categoria.
Contamos com o entendimento e o apoio de toda comunidade nesta causa que não é de uma só categoria, pois a educação é direito e dever de todos.
Todos em luta!!! Sem valorização, não há educação.