Após as tentativas de arrombamentos e roubos no centro de Cachoeira, comerciantes fazem apelo por mais segurança

Após as tentativas de arrombamentos e roubos no centro de Cachoeira, comerciantes fazem apelo por mais segurança
Foto: reprodução

De acordo com informações do Diário da Notícia, após as tentativas de arrombamentos e roubos que aconteceram durante esta semana em Cachoeira, comerciantes entraram em contato com o Diário da Notícia fazendo um apelo para que a Prefeitura Municipal, juntamente com os órgãos de segurança pública, ampliem as rondas na cidade, principalmente a noite e durante as madrugadas.

“Nem todos aqui têm sistema de segurança privado. Nossas cargas tributárias são enormes e além do mais é obrigação dos órgãos públicos garantirem a segurança de todos”, disse um comerciante.

Os reclamantes também disseram que já procuraram a Câmara Municipal, através do Presidente Isnaldo Cordeiro, para que ele apoie a causa.

“Conversamos com o presidente da Câmara e ele nos disse que vem cobrando há um tempo a atuação da guarda municipal durante a noite.”

Os comerciantes disseram ainda que o efetivo da polícia é muito pequeno para atender o município e a guarda não está funcionando a noite.

“Há anos que a quantidade de policiais e viaturas na cidade é a mesma, porém, o número de pessoas que habitam no município aumentou. Com isso a insegurança cresce a cada dia. A guarda municipal poderia dar um suporte importante, mas, eles não estão trabalhando a noite”.

Antes de finalizar, eles fizeram um apelo à Prefeita Eliana Gonzaga e ao Governador Rui Costa. “Pedimos encarecidamente, e urgentemente que a prefeita e o governador se sensibilizem com a nossa situação colocando as respectivas forças de segurança para atuarem mais energicamente no município.”