Explosão por vazamento de gás queima servidoras e causa correria em escola no Oeste da Bahia

 Vítimas foram socorridas pelo Samu, que também atendeu alunos em choque. Cozinheira teve 22% do corpo queimado, segundo diretora

Explosão por vazamento de gás queima servidoras e causa correria em escola no Oeste da Bahia

Uma explosão seguida de incêndio provocados pelo rompimento de uma mangueira de gás de cozinha causou queimaduras em duas servidoras e provocou correria em uma escola da rede municipal de Barra, cidade no oeste da Bahia, na tarde da quarta-feira (20).

De acordo com informações apuradas pela TV Oeste com a secretária de Educação da cidade, Vanusia Dourado da Silva, uma das servidoras queimada, que não teve o nome divulgado, estava perto do fogão, porque cozinhava no momento do incêndio. Ela teve queimaduras de primeiro grau em 22% do corpo.

Já a outra servidora, uma educadora que também não teve o nome informado, estava perto da cozinha e teve uma pequena queimadura em um dos pés.

O caso ocorreu por volta das 14h30, durante o início das aulas do turno da tarde. Cerca de 300 alunos estavam no local no momento da explosão.

Vídeos gravados por testemunhas mostram correria e o desespero das pessoas.

Conforme o relato da secretária de Educação, as duas servidoras e alguns estudantes que ficaram em choque foram atendidos por equipes do Serviço Móvel de Urgência (Samu). Pelo menos dois alunos e as duas mulheres foram levados para uma unidade de saúde do município.

Segundo as informações, a educadora e os estudantes receberam alta ainda na quarta-feira. Já a cozinheira segue internada para tratar das queimaduras. Ainda não há previsão de alta. Não se sabe o que provocou o rompimento da mangueira de gás.