Greve dos servidores do INSS chega um mês na Bahia

Com a suspensão dos serviços em todo o estado, cerca de 22 mil perícias deixaram de ser realizadas durante o período de greve

Greve dos servidores do INSS chega um mês na Bahia

A greve dos servidores e médicos peritos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) completa um mês. Com a suspensão dos serviços em todos os 140 postos e agências de Salvador e interior do estado, cerca de 22 mil perícias deixaram de ser realizadas durante o período, segundo a associação que representa os trabalhadores. Como somente as perícias estão suspensas, as marcações continuam sendo feitas pela central telefônica 135.

Com isso, alguns beneficiários têm se deslocado até os postos, mas não conseguem o atendimento agendado. Nesta manhã, algumas pessoas buscaram a agência do bairro de Brotas, em Salvador. De acordo com a TV Bahia, uma moradora do bairro de Pernambués informou que foi comunicada pela central telefônica de que os postos estavam funcionando mesmo com a greve e que por isso ela foi ao local. “Liguei para o 135 e disseram que tinha postos funcionando e eu poderia vir. Cheguei aqui, nada. Vou ter que remarcar a partir de amanhã”, comentou a beneficiária.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores Federais em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social (Sindprev), a categoria reivindica a realização de concurso público para suprir a carência de quadro de pessoal na Previdência e também a reposição salarial de 19,9%, que, segundo a entidade, corresponde às perdas acumuladas nos últimos três anos. Além disso, a categoria cobra a contratação de pelo menos 1.100 novos servidores para atender normalmente a demanda.

 

Como reagendar o atendimento.
Mesmo com a greve em andamento, é possível reagendar atendimentos pelo site, pelo aplicativo Meu INSS e pelo telefone 135. Outra opção é acessar o site ou Meu INSS e tentar a realização do serviço pela plataforma. Entre os serviços disponíveis na plataforma estão: pedido e acompanhamento de aposentadorias, benefício assistencial e pensão por morte, pedido do salário-maternidade, de auxílio-doença, consulta à revisão do benefício, pedido de recurso de benefício e certidão de tempo de contribuição.

Pelo app também é possível enviar documentos digitalizados, escaneados ou fotografados pelo celular. Depois de solicitar, o segurado pode acompanhar o andamento do pedido, com o protocolo de requerimento. Esse acompanhamento pode ser feito pelo aplicativo ou telefone 135.Se a agência estiver aberta e os servidores se negarem a prestar atendimento, é recomendado pedir um documento que comprove o comparecimento ao local. O segurado pode solicitar, ainda, que o serviço seja reagendado pelo atendente – e depois confirmar a remarcação pelo 135, pedindo número de protocolo.

 

Leia mais sobre Santo Antônio de Jesus no blogdovalente.com.br e siga no Google Notícias