Mateus Aleluia receberá título de Doutor Honoris Causa pela UFRB no dia 11 de maio

Mateus Aleluia receberá título de Doutor Honoris Causa pela UFRB no dia 11 de maio
Foto: Paola Alfamor/divulgação

O cantor e compositor Mateus Aleluia, de 74 anos, conhecido pela participação no grupo Tincoãs, receberá o título de Doutor Honoris Causa, da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), em sessão solene marcada para o dia 11 de maio, às 14h, em Cruz das Almas.

Pesquisador da ancestralidade baiana musical pan-africana, Mateus Aleluia é a quinta personalidade de relevantes serviços prestados à sociedade que receberá a honraria, concedida pela UFRB.

O reconhecimento é conferido a personalidades eminentes, nacionais ou estrangeiras que tenham se distinguido pelo saber ou pela atuação em prol das ciências, das artes, da filosofia, das letras, das culturas, do desenvolvimento e entendimento dos povos, cuja contribuição seja ou tenha sido de alta relevância para o país ou humanidade.

Nascido em Cachoeira, no recôncavo baiano, Senhor Mateus, como é conhecido popularmente, foi protagonista no grupo Tincoãs, primeiro grupo vocal a expressar a herança cultural (musical e linguística) dos povos africanos. O Tincoãs foi destaque nacional entre os anos de 1960 e 1980.

O músico viveu duas décadas em Angola, a partir de 1983, onde foi contratado pela Secretaria de Cultura para realizar pesquisa antropológica e cultural, junto a mestres e mestras da cultura dos povos africanos, compilando diversos saberes. Retornando ao Brasil, Sr. Mateus lançou os álbuns “Cinco Sentidos”, “Fogueira Doce” e “Olorum”, que, junto com a obra dos Tincoãs, contribuem para o legado pan-africano do Brasil.

Fonte: Metro 1