Professores de Varzedo cobram cumprimento do plano de carreira após reunião com representantes da categoria

Foto ilustrativa: reprodução

Professores do município de Varzedo alegam que vêm tendo perda salarial significativa desde 2016, quando os reajustes dados pelo Governo Federal não teriam sido concedidos na sua integralidade. 

Segundo a categoria, as perdas somadas chegam a quase 40%. Os docentes também afirmam que houve descumprimento do Plano de Carreira do município (Lei 140/2002).

Em nota, a categoria informou que se reuniu com a gestão municipal, que teria informado falta de recurso para que a Lei seja cumprida, o que gerou congelamento na tabela de vencimento. 

Os representantes da APLB-Sindicato, se reuniram com o gestor Ari Bahia e setores jurídico e contábil, no último dia 08, para discutir as demandas da categoria.

Segundo o Sindicato, a gestão pediu um prazo de 30 dias para fazer um estudo de impacto do cumprimento da Lei (Plano de Cargos e Salários). 

Atualmente o município conta com 68 professores efetivos, e faz cerca de 20 anos que o último concurso público foi realizado. 

No momento, a categoria aguarda um posicionamento da gestão em relação às demandas colocadas.



Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícia