Sindicato dos professores de Jaguaripe entra com ações contra a gestão do município

Os profissionais exigem que direitos previstos em lei para a categoria sejam garantidos.

Foto: reprodução

O sindicato dos professores do município de Jaguaripe entrou com ações judiciais contra a gestão municipal, pela garantia do cumprimento de direitos previstos em lei para a categoria.

Entre as reivindicações estão a concessão de gratificações por atividade extraclasse, progressão funcional (mudança de nível), atualização do Plano de Carreira e Salários dos professores e funcionários da Educação, pagamento de pecúlios (indenizações), concessão de licenças-prêmio, e auxílio transporte para escolas de difícil acesso (zona rural).

Em resposta ao descumprimento dessas garantias, o sindicato indicou uma paralisação de todos os professores, inicialmente por um dia, como forma de protesto.

Em nota, a prefeitura de Jaguaripe afirmou que ainda não tem conhecimento sobre as ações judiciais e que “os docentes das classes das turmas de Educação Infantil e dos anos iniciais do Ensino Fundamental, recebem a gratificação por atividade extra classe e os docentes dos anos finais, já têm nas suas programações a redução de carga horária, em sala de aula, justamente para realizarem o planejamento, conforme preconiza a legislação”.

Sobre a concessão de licenças-prêmio, a prefeitura informou que está ocorrendo de acordo com a “disponibilidade de professores pra realizar a substituição dos profissionais em licença”, pois não é possível paralisar as atividades letivas. Foi informado também, que o transporte é disponibilizado para professores que lecionam nas localidades de difícil acesso, pontuando que essa decisão é “fruto de acordo com a APLB Sindicato”.



Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícia