Operação Fake Front: Polícia Federal combate fraudes milionárias na Caixa Econômica em Feira de Santana e no DF

Investigados usavam identidades adulteradas para abrir contas e solicitar empréstimos

Foto: divulgação/Polícia Federal

A Polícia Federal (PF) deflagrou, nesta terça-feira (28), a Operação Fake Front, focada em cumprir mandados resultantes das investigações de fraudes sofridas pela Caixa Econômica Federal, pela previdência social e outras instituições financeiras. A polícia detectou dezenove contas foram abertas com documentos falsos em Feira de Santana e Brasília.

De acordo com a PF, os criminosos inseriam dados, fotos e impressões digitais dos membros do grupo criminoso, enquanto os dados autênticos permaneciam no verso dos documentos. O nome “Fake Front” faz referência a esta estratégia de alterar os dados na parte frontal das carteiras de identidade para abrir contas.

Constatou-se que os investigados realizaram vários empréstimos através dessas contas bancárias fraudadas, contabilizando um prejuízo superior a R$ 1 milhão para as instituições financeiras afetadas.

Nesta operação, a polícia executou três mandados de busca e apreensão, além de dois mandados de prisão preventiva, na cidade de Feira de Santana. Os criminosos responderão por associação criminosa e estelionato.

Foto: divulgação


Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícia