Feira de Santana registra 3 novos casos de coronavírus e total sobe para 85

Dois homens e uma mulher testaram positivo para covid-19 em Feira de Santana. O resultado foi divulgado no início da noite desta quarta-feira (29) pela Secretaria Municipal de Saúde. Com esses três novos casos, sobe para 85 o número de registros da doença. Considerando o número de 52 recuperados e 1 óbito, o total de casos ativos de coronavírus na cidade é de 32. Dois destes pacientes estão internados.

Os números referem-se a casos comprovados oficialmente por meio de exames realizados no Laboratório Central da Bahia (Lacen). Conforme o boletim da Situação Epidemiológica da Covid-19 em Feira de Santana, destes 85 casos, 8 são de transmissão importada e 77 de transmissão local. Entre os casos registrados há 26 profissionais de saúde. A faixa etária mais acometida pela doença está entre 20 e 49 anos com 61 casos.

Ainda conforme o boletim, até às 17h desta quarta-feira, foram notificados 918 casos suspeitos da doença, sendo 754 casos descartados, e 79 casos aguardando resultado de exames laboratoriais.Ressaltamos que os números são dinâmicos e sofrem alterações, na medida em que as investigações clínicas e epidemiológicas avançam.

Alerta- Observa-se que a cidade tem registrado novos casos todos os dias. Para que o número de infectados não aumente é importante que a população siga as regas de isolamento social e demais cuidados contra o coronavírus.

Como prevenir o coronavírus?

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização. Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.

– Evitar contato próximo com pessoas doentes.

– Ficar em casa quando estiver doente.

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

-Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (mascára cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).

-Para a realização de procedimentos que gerem aerossolização de secreções respiratórias como
intubação, aspiração de vias aéreas ou indução de escarro, deverá ser utilizado precaução por aerossóis, com uso de máscara N95. (Fonte: Vigilância Epidemiológica/Secretaria Municipal de Saúde)

Como é feito o tratamento do coronavírus?

Não existe tratamento específico para infecções causadas por coronavírus humano. No caso do coronavírus é indicado repouso e consumo de bastante água, além de algumas medidas adotadas para aliviar os sintomas.

Qualquer hospital pode receber paciente com coronavírus?

Para um correto manejo clínico desde o contato inicial com os serviços de saúde, é preciso considerar e diferenciar cada caso. Os casos graves devem ser encaminhados a um Hospital de Referência estadual para isolamento e tratamento.

Os casos suspeitos leves podem não necessitar de hospitalização, sendo acompanhados pela Atenção Primária e instituídas medidas de precaução domiciliar. Porém, é necessário avaliar cada caso. (Fonte: Vigilância Epidemiológica/Secretaria Municipal de Saúde)

*Acorda Cidade