Clidonto realiza live com profissionais da saúde para tirar dúvidas sobre coronavírus; confira

Diante da pandemia do novo coronavírus e da frequente necessidade de utilizar a informação como ferramenta de saúde, a Clidonto, em parceria com Ilive, realizou uma live nas suas redes sociais, nesta quarta-feira (06), às 20h com o tema “Fique por dentro de tudo sobre o coronavírus”. O bate-papo contou com a participação de Dr. Arthur Gonzalez (cardiologista), Dra. Tiana Mascarenhas (infectologista), Dr. Fernando Queiroz (patologista) e Dr. Jorge Barretto (farmacêutico bioquímico).

Foram abordadas as principais informações sobre a Covid-19, tirando dúvidas e informando a sociedade sobre a formas de prevenção. De acordo com a infectologista Dra. Tiana Mascarenhas, a fase do estranhamento já passou, agora vem a tranquilidade nas organizações dos três principais serviços de saúde que atendem a comunidade em Santo Antônio de Jesus e região, “A tranquilidade não é a sensação de que as coisas acabaram ou que não precisamos manter toda atenção e vigilância para continuar investindo nos serviços de saúde naquilo que pode ser melhorado. A tranquilidade é de saber que temos a oportunidade de remodelar todas as condutas individuais e coletivas conforme a situação epidemiológica venha a acontecer”, disse ao repórter Itajaí da Rádio Andaiá FM. Para o cardiologista Dr. Artur Gonzales, é de extrema necessidade de as pessoas cuidarem da saúde porque as outras doenças ainda existem, “A chegada do covid não fez desaparecer as outras doenças, é mais um problema que vai se somar aos problemas existentes”, pontuou. No âmbito laboratorial, o farmacêutico e bioquímico, Jorge Barreto da Labocliv explicou que tem observado o crescimento de casos positivos na região, assim, a clínica tem buscado medidas preventivas para tratar desses pacientes. O patologista Dr. Fernando Queiroz destacou a dificuldade de encontrar testes, “Não só como laboratório estamos tendo dificuldade para comprar. É o mundo todo precisando de teste, não temos quantidade suficiente para todos, a nossa orientação é que pacientes com mais de 60 anos ou com febre fique em casa”, frisou. O dentista cirurgião Dr José Luís Speggiorin da Clidonto explicou que recomendou aos pacientes apenas procedimentos urgentes, mas alguns tratamentos, cirurgias que podem esperar um pouco mais, estão postergando como medida preventiva.