Coronavírus: Expectativa do governo é de que infectados estejam imunes a uma possível segunda onda

O governador Rui Costa (PT), não demonstrou preocupação com uma possível segunda onda de coronavírus no Estado. “Nenhuma região e nenhuma cidade indicam até agora uma segunda onda”, garantiu o governador.

Em conversa com jornalistas nesta segunda-feira (5), durante a visita as obras da Linha Azul, o petista afirmou que a expectativa do Estado é que as pessoas já infectadas com o vírus criem uma imunidade.

“Nós estamos infelizmente com uma taxa altíssima de contaminados, eu espero que nós não tenhamos uma segunda onda. A expectativa nossa é como se elas (pessoas infectadas) tivessem tomado a vacina, e elas não peguem mais a doença. Até que se prove o contrário”.

Apesar de estar ciente da situação que possa vir a acontecer, Rui afirma que não há uma sinalização de novo isolamento rígido e lockdown para as próximas semanas.

“Eu tenho informações de que o Extremo-Sul nesses finais de semana de sol ficou tudo lotado, hotéis, pousadas, encheu bastante com o turismo interno, com a turma vinda de Minas, do Espirito Santo, de Brasília. Nós não temos nenhuma sinalização de segunda onda no momento e espero que não tenhamos”.

Fonte: Bahia.Ba