Advogado mata a mulher após saber que ela estava com Covid

Um famoso advogado do Connecticut, nos EUA, matou a mulher depois de saber que ela havia testado positivo à Covid-19, e suicidou-se em seguida, no dia de Natal.

Segundo o NY Post, Cindy Liquori, de 55 anos, estava dormindo na casa da sua mãe, na sexta-feira, quando o marido, John Liquori, se aproximou e deu um tiro fatal. O homem deitou-se, em seguida, ao lado da mulher e disparou contra si próprio.

Segundo fonte da polícia de Harford, Cindy Liquori, que geria um negócio de máscaras e desinfetante, havia testado positivo à Covid-19 e o marido, suspeitava que também pudesse estar infectado.

Nessa mesma manhã, o advogado pediu ao cunhado que passasse pela casa da sua mãe (que também estava internada com Covid-19) para ir buscar os seus cães. Quando o homem chegou à residência, encontrou os corpos dos dois.

*NM