Vacina da Pfizer tem eficácia de 97% para evitar casos sintomáticos, mostra estudo

Um estudo realizado em Israel junto a profissionais da área de saúde e publicado no Journal of the American Medical Association (Jama) mostrou que a vacina contra a covid-19 produzida pela Pfizer reduziu as infecções sintomáticas pela doença em 97%, além de reduzir as assintomáticas em 86%

O estudo foi conduzido junto a 6.710 profissionais da área de saúde, sendo que 5.953 receberam ao menos uma dose da vacina, 5.517 receberam as duas doses e 757 não foram vacinados. Eles foram acompanhados pelo período entre 20 de dezembro de 2020 e 25 de fevereiro de 2021.

Entre os que receberam as duas doses, a infecção sintomática por SARS-CoV-2 ocorreu em 8 profissionais. Já entre os que não foram vacinados, 38 apresentaram sintomas. A infecção assintomática por SARS-CoV-2 ocorreu em 19 profissionais de saúde totalmente vacinados e 17 profissionais de saúde não vacinados.

Fonte: Metro1