Efeito colateral da Ômicron tem sido cada vez mais relatado

Efeito colateral da Ômicron tem sido cada vez mais relatado

Os médicos estão alertando sobre um efeito colateral que as pessoas infectadas com a variante Ômicron têm relatado com frequência, mesmo depois de se recuperarem da covid-19.

A queixa maior entre os pacientes recuperados é dor no corpo, além da falta de energia.

Já era sabido que a covid-19 provocava sequelas a longo prazo, mas de acordo com especialistas, essa variante parece causar mais mialgia do que as versões anteriores do vírus. Uma explicação pode ser os processos inflamatórios que ela causa em vários tecidos.

A mialgia, de acordo com a Faculdade de Medicina da Universidade Johns Hopkins, descreve uma série de dores musculares, com sintomas que incluem cãibras musculares e dores nas articulações.

Também se fala sobre que a Ômicron ataca o sistema musculoesquelético muito mais que os variantes.

Existem vários outros sintomas da covid-19 que se arrastam após a infecção e que podem durar meses. Veja abaixo alguns deles:

Sintomas da covid a longo prazo:

  • Fraqueza muscular e articulações rígidas
  • Fadiga extrema e sensação de baixa energia
  • mobilidade reduzida
  • Falta de ar
  • Perda de apetite e perda de peso
  • Falta de olfato ou paladar
  • Problemas de estômago e isso inclui azia, diarreia e vômito

Por outro lado, algumas pessoas experimentam um efeitos mentais e emocionais da covid. Esses incluem:

  • Problemas de sono
  • Nevoeiro mental, como ser esquecimento e falta de clareza nos pensamentos
  • Mudanças repentinas em seu humor
  • Depressão ou ansiedade
  • Confusão ou delírio