Saída do PMDB do governo Dilma e migração de Pinheiro demonstram crise no PT, avalia Neto

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), afirmou que a saída do PMDB do governo Dilma Rousseff é reflexo da perda de apoio popular que o partido tem sofrido. Segundo Neto, “o povo está cansado do PT”. “Isso [a saída do PMDB] enfraquece ainda mais as condições da presidente de governar”, avaliou. Ainda de acordo com o gestor, outro ponto que demonstra este desgaste do PT é a saída do senador Walter Pinheiro da legenda. “A saída de Pinheiro (veja aqui) é de impacto, de peso. Ele é um dos quadros históricos do PT na Bahia, que tem uma construção política toda feita no PT e demonstra o momento difícil que o PT vive”, analisou. (Bahia Notícias)