SAJ: após morte de empresário, comerciantes da feira livre fecham estabelecimentos em protesto pela falta de segurança

ccb3abe2-da6c-42b4-85f2-1a0a1840a204
352d305d-f09d-40b1-ad8a-9dfd16fff898
e0b88d55-ba1d-410a-8423-1210b7a09ae4

Comerciantes da feira livre de Santo Antônio de Jesus fecham estabelecimentos em protesto a falta de segurança no local. Na última sexta-feira (05), um empresário conhecido como Keu do Hortifrúti Pinheiro foi morto a tiros. Ele chegou a ser encaminhado para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos (ver aqui). Ao repórter Tino Alves, o comerciante de prenome Léo relatou que eles usam a noite para descarregar os veículos, mas temem a insegurança, “Tem o módulo da polícia ali que segue fechado. Quero saber quem vai dar explicação porque desse jeito não dá. A coisa está demais, roubos seguidos, a violência aumentou muito e ainda sem nenhum manifesto das autoridades. O silencio é o que incomoda”, disse.