SAJ: “Só vamos fechar o comércio se for decreto do governador”, diz prefeito Genival Deolino

                                      (Foto: reprodução/Site Espaço Empresarial SAJ)

O prefeito Genival Deolino comentou sobre as medidas tomadas no município em combate ao Coronavírus. Ao Programa Levante a Voz na manhã desta sexta-feira (26), ele frisou que a feira livre estará funcionando neste sábado (27), apenas o galpão de venda de alimentos, os demais galpões de confecções, restaurantes, artesanatos e outros fora do gênero alimentício não poderão abrir.

Para os moradores da zona rural, o transporte estará funcionando normalmente. O prefeito informou que ainda hoje será publicado o novo decreto com detalhes do que é permitido ou não no município. Em relação a possibilidade de fechamento do comércio, o prefeito salientou que não é interesse dele.

“Só fecharemos o comércio se for decreto do governo. Caso não haja decreto, não vamos fechar, vamos sim tomar todos os cuidados”, disse.

Confira o funcionamento:

Atividades não essenciais devem encerrar seu funcionamento nesta sexta (26):
18h – comércio de rua, bares e restaurantes para atendimento presencial;
19h – shoppings, galerias de lojas e demais centros comerciais;

Serviços essenciais:
Poderão permanecer abertos para atendimento ao público – hospitais, farmácias, supermercados, mercados, petshop, laboratórios clínico e de imagem;

Delivery:
De medicamentos – liberado 24h;
De alimentos – permitido apenas entrega em domicílio, sem retirada no balcão (todos os dias até 00h);

Bebidas alcoólicas:
Venda proibida em qualquer estabelecimento, incluindo delivery (Das 18h de sexta-feira até as 5h de segunda-feira);

Atividades esportivas coletivas e eventos:
Suspensos em qualquer formato

Cultos e atividades religiosas:
Permitidos apenas na modalidade online

As praças públicas ficarão fechadas e haverá fiscalização nas ruas. O descumprimento das medidas também pode ser denunciado pelo telefone 190.