Em visita a 4ª Coorpin, diretora do Depin, Drª Rogéria Araújo fala de segurança pública e colaboração da sociedade e a Polícia Civil

Diretora do Departamento de Polícia do Interior (Depin), Dra. Rogéria Araújo
Diretora do Departamento de Polícia do Interior (Depin), Dra. Rogéria Araújo  – Imagem: Divulgação

A diretora do Departamento de Polícia do Interior (Depin), Dra. Rogéria Araújo, esteve na cidade de Santo Antônio de Jesus, acompanhada da delegada geral da polícia civil, Heloisa Campos de Brito, para avaliar as necessidades da 4ª Coorpin, instalada no município.

Em entrevista ao repórter Antônio Carlos, Drª. Rogéria ressaltou a importância da visita ao departamento na localidade e que é fundamental que o Depin tenha contato direto com todos os servidores das unidades do departamento, para que o trabalho seja unificado.

“Estamos colhendo sugestões de nossos servidores, como delegados, investigadores e escrivães e de que formas iremos atuar nas principais demandas internas da Polícia Civil. Iremos debater as necessidades de operação e atuação na área da 4ª Coorpin”, disse.

Em relação ao combate do tráfico de drogas e a migração de facções criminosas de outros estados para o interior da Bahia, a Diretora do Depin alegou que a ligação de pessoas envolvidas com práticas criminosas não é excepcional, informado que no Depin existe um núcleo de inteligência monitorando organizações criminosas e possíveis elementos envolvidos em diversos crimes.

“Estamos fazendo um levantamento dessa modalidade de migração, de organizações criminosas. Nosso Núcleo de Inteligência é composto por um delegada muito experiente e que vem apoiando a todos os delgados que necessitam esse tipo de trabalho com investigação mais complexa”, informa.

Drª Rogéria falou também da importância da sociedade no combate à criminalidade e aponta que a Polícia Civil têm dispositivos, como o disck denúncia, que deixa a população muito mais próxima aos órgãos de segurança.

“Santo Antônio de Jesus sempre foi uma cidade que colaborou com a polícia civil e sabe que nosso trabalho é benéfico. Não tenho dúvidas da continuidade dessa parceria”, finaliza.