Sobrinha de prefeita de Cachoeira é morta; SSP nega relação com ameaças

Foto: Reprodução/TV Subaé

Uma das sobrinhas da prefeita de Cachoeira, Eliana Gonzaga (Republicanos), foi morta a tiros na madrugada desta terça-feira (4) na cidade de Conceição da Feira. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), o crime não tem relação política.

O atentado foi registrado na rua Rui Barbosa. Ventilou-se a possibilidade do atentando ter sido motivado por questões políticas, já que Eliana vem sendo ameaçada desde sua vitória. No entanto, o rumor foi dissipado tanto pela SSP quanto pela assessoria da prefeita.

De acordo com delegada titular de Conceição da Feira, Karina Alves, a mulher foi identificada como Elisângela da Silva de Jesus e o homem como Manoel Nascimento de Santana. Os corpos estavam dentro de uma residência, com marcas de tiros.

Segundo a delegada, as investigações iniciais apontaram que Manoel Santana tem um filho, que seria alvo dos criminosos de uma facção rival que a que ele faz parte.

Uma equipe da 1ª Delegacia Territorial (DT/Santo Amaro) esteve no local e expediu as guias periciais. Até a publicação desta reportagem, ninguém foi preso.
Por meio de nota a SSP-BA informou que, conforme as apurações iniciais, o crime teria sido motivado pelo envolvimento do filho de Manoel com o tráfico de drogas. “A segunda vítima estava tendo um relacionamento com ele e por isso foi atingida também. Não tem nenhuma relação com as ameaças sofridas pela prefeita. A mulher só foi identificada posteriormente”, diz a nota.