‘Não queremos impedir a tradição, mas precisamos nos cuidar agora e evitar o pior depois’, fala Rui sobre festejos juninos

Foto: Camila Souza/ Gov.Ba

O governador Rui Costa (PT), aproveitou sua passagem pelo município de Amargosa neste sábado (19), para apelar a população que não promova aglomerações neste São João. Rui entregou as obras da cidade e ressaltou a necessidade de reforçar as medidas de prevenção à disseminação do coronavírus.

Rui disse que insiste em fazer esses avisos pela preocupação com o aumento de casos de Covid-19 no estado. “Quero aqui fazer um apelo não só ao povo de Amargosa, mas a toda à região e a todos baianos. Não queremos impedir a tradição, mas precisamos nos cuidar agora e evitar o pior depois”, afirmou.

Rui destacou que a situação da pandemia poderia ser muito diferente no país se não fosse a lentidão da vacina. “Hoje, já era para 70% do povo brasileiro já ter sido vacinado. Infelizmente, o presidente não comprou a vacina no ano passado, quando os laboratórios ofereceram. Como a CPI está mostrando, teve laboratório que ofereceu ao Brasil vacina pela metade do preço e mesmo assim o presidente não comprou”, ressaltou.

Ele lembrou que, graças aos avanços na vacinação, na Europa, já está havendo jogos com público nos estádios, enquanto o Brasil se aproxima de uma terceira onda da doença. “Meu apelo é que, mesmo mantendo a tradição cultural do São João, evitem a qualquer custo as aglomerações”, enfatizou o governador, sugerindo que as pessoas façam suas comemorações dentro do grupo familiar com que convivem.

O governador esteve no município para a entrega do Hospital Municipal reformado e equipado com recursos estaduais, o Ginásio Poliesportivo reformado por meio da Superintendência de Desportos da Bahia (Sudesb), o espaço Colaborar, instalado na sede pela Secretaria da Ciência Tecnologia e Inovação (Secti) para fomentar o empreendedorismo, e duas pontes na zona rural, construídas pela Secretaria da Infraestrutura do Estado.