Mulher que ficou gravemente ferida após explosão de fogos de artifício na Juerana morre após 13 dias internada

Mulher que ficou gravemente ferida após explosão de fogos de artifício na Juerana morre após 13 dias internada
Foto: Divulgação

Morreu na madrugada desta terça-feira (19), Ângela Andrade Cerqueira, vítima de graves queimaduras causadas por explosão de fogos de artifício no bairro da Juerana, no último dia 07 de outubro.

A informação do acidente foi divulgada exclusivamente pelo Blog do Valente.

Conforme informações de familiares, Ângela trabalhava no quintal de sua residência na produção de fogos quando o acidente ocorreu.

A mulher chegou a ser socorrida para a Unidade de Queimados do HRSAJ e posteriormente transferida para O Hospital Geral em Salvador onde veio a falecer.

Em contato com o Blog Rosa Rocha, integrante do Movimento 11 de Dezembro,  pediu maior fiscalização das autoridades sobreo caso. Conforme denunciou, várias famílias ainda trabalham, clandestinamente, nos quintais de suas casas, no fabrico de fogos.

“É um Absurdo tudo isso. Mais uma vítima, infelizmente. Receberemos auditores fiscais aqui na cidade, e iremos expor essa situação. Isso é um desrespeito a vida humana, continuar matando em nome do lucro. Quinta-feira iremos nos reunir e vamos questionar que sentença é essa, já que há famílias nos fundos de suas casas trabalhando com esse material. Iremos em busca de justiça”, disse Rosa Rocha.