Oftalmologista, Dr. Mauro Dias, alerta sobre aumento da miopia em crianças por conta das aulas online

Oftalmologista alerta sobre aumento da miopia em crianças durante a pandemia

O médico oftalmologista, Dr. Mauro Dias, da Clinica Sensorial, em Santo Antônio de Jesus, fez um alerta sobre o aumento da miopia em crianças por conta das aulas online  durante a pandemia.

Em entrevista ao Programa do Valente o médico fez um alerta aos pais sobre o grande número de crianças que procuram o consultório apresentando dificuldades para enxergar.

“É importante que os pais fiquem em alerta, pois muitos alunos ainda não retornaram às aulas presencias, e no momento em que estiverem estudando em casa auxilie seu filho a manter uma distancia da tela de pelo menos 40 cm”, explica o médico.

Mauro pontuou ainda que muitas crianças deitam na cama para assistir às aulas ou algum vídeo e o olho no celular, além da questão do aumento da miopia, pode causar olho seco, algumas lesões na córnea, como a ceratite, e a radiação da luz azul emitida pela tela.

“Muitas crianças passaram tanto tempo  no celular, que quando retornaram a sala de aula perceberam que não estavam enxergando o quadro. Então, é importante levar seu filho ao oftalmologista, pois muitas crianças estão com dificuldade na escola, com dificuldade no aprendizado por não estar enxergando”, alerta.

Um levantamento feito pelo Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO) identificou uma progressão de miopia em crianças durante a pandemia.

De acordo com o levantamento, o aumento dos graus de miopia se deu, principalmente, por uso de diversos dispositivos eletrônicos, como tablets e celulares. A televisão e o videogame também, aparecem, só que em um percentual menor.

A SBP orienta que seja evitada a exposição de menores de dois anos a telas, mesmo que passivamente. Para crianças entre dois e cinco anos, o limite deve ser de uma hora de tela, com supervisão. Para a faixa entre seis e dez anos, o tempo não deve ser superior a duas horas, também com supervisão.

O que é a miopia

Miopia é o nome dado a um erro de refração, quando a imagem se forma antes da retina. Ela causa uma visão embaçada, prejudicando a visualização de objetos e imagens que estão mais longe do indivíduo.

Conforme a Organização Mundial de Saúde (OMS), há 59 milhões de pessoas com essa condição no Brasil, mais de 25% da população. Em todo o mundo, o número de pessoas com miopia chega a 2,6 bilhões.