SAJ: Uberdan representa ação contra prefeito, e aponta supostas irregularidades nas obras de reforma da Praça Renato Machado

Uberdan Cardoso move ação contra prefeito
Foto: reprodução

O vereador Uberdan Cardoso do PT, move uma representação criminal contra o prefeito Genival Deolino, onde aponta improbidade nas obras de reforma da Praça Renato Machado.

O vereador contestou os processos para as obras de reforma da Praça e aponta irregularidades na licitação de contratação da empresa responsável pela construção de uma fonte luminosa.

“Essa empresa ganhou, por dispensa de licitação, para fazer a fonte luminosa”, aponta.

Uberdan apontou erros administrativos, principalmente em relação as licitações e levantou uma questão sobre a construção da referida fonte e levantou uma questão a respeito da contratação ser feita apenas um dia antes da entrega.

Para Cardoso, é incomum uma empresa ser contratada para anunciar a reforma de um bem, sendo que este já esteja pronto e ressalta que seria impossível a criação e construção de uma fonte com um prazo de um dia após publicação de licitação no Diário Oficial.

“Eu não entendo e não acredito que houve dolo. A reforma começou em abril, a empresa foi criada em maio, até parece que foi criada apenas para a reforma da Praça. É anormal que uma empresa crie e entregue algo em menos de 24h”, arguiu.

Sobre o assunto, o presidente da Câmara saiu em defesa da administração pública e sua gestão salientando que existe uma lei municipal referente a manutenção das praças e garante a regularidade da reforma da Praça.

“Os vereadores desconhecem a sua isonomia, pois existe uma lei para a manutenção de bens públicos, lei da gestão anterior, que o prefeito Genival se baseou, então não existe irregularidade”, pontua.